Notícias
03/10/2014
Interior será o motor do crescimento do País
 
Famílias de classe média e afluente de cidades do interior do Brasil formarão um mercado de mais de US$ 600 bilhões em 2020 e representarão mais da metade do crescimento de consumo até lá. No entanto, apenas algumas empresas estão posicionadas para capturar essa oportunidade, de acordo com o estudo do The Boston Consulting Group (BCG). 

As famílias de classe média e afluente das cidades do interior do Brasil serão os principais drivers de crescimento em diversas categorias de consumo no país. Esses consumidores irão representar um mercado de mais de US$ 600 bilhões em 2020, mais da metade do crescimento do consumo no país até lá. No entanto, poucas empresas estão preparadas para aproveitar essas oportunidades, de acordo com estudo do The Boston Consulting Group (BCG). 

Segundo o estudo Brazil’s Next Consumer Frontier: Capturing Growth in the Rising Interior, as cidades do interior do país serão responsáveis ??por cerca de metade do consumo das famílias de classe média e afluente, ou aproximadamente US$ 130 bilhões em gastos adicionais, até o fim desta década. Esses consumidores serão fontes importantes de crescimento em setores relevantes como automotivo, vestuário e serviços financeiros.

Embora essas famílias de classe média e afluente do interior tenham aproximadamente 20% a mais de renda disponível do que em grandes cidades do Brasil, elas consomem muito menos em certas categorias. As famílias do interior gastam 19% a menos quando se trata de serviços de telefonia celular pós-paga e cerca de metade a menos em viagens aéreas, por exemplo. Estas lacunas decorrem de falhas no atendimento a este mercado.

Os resultados do estudo são baseados em uma pesquisa com mais de 3.600 pessoas de famílias de classe média e afluente nas capitais, regiões metropolitanas e cidades do interior de todas as regiões do Brasil.

“O mercado no interior no país oferece algumas das mais ricas oportunidades de crescimento do mundo em bens e serviços de consumo”, afirma Olavo Cunha, sócio do BCG responsável pelas práticas de Bens de Consumo e de Marketing e Vendas no Brasil e coautor do estudo. “No entanto, esse mercado ainda não é amplamente atendido por  empresas nacionais e estrangeiras, cuja gestão ainda tende a investir mais em cidades grandes ou mais desenvolvidas.”

De acordo com o estudo, a falta de acesso aos pontos de venda é uma das razões dos consumidores no interior gastarem consideravelmente menos em determinados tipos de produtos. Cerca de 1.400 cidades do interior com mais de 5 mil famílias não têm a presença de supermercados que pertencem a cadeia dos 20 maiores do Brasil. Quase 5.500 cidades não têm agências bancárias exclusivamente dedicadas a oferecer serviços financeiros aos clientes mais ricos, apesar do segmento premium no setor bancário ter crescido muito mais rapidamente nessas cidades do que em cidades maiores. E 60 de 98 cidades do interior com mais de 5 mil famílias não têm concessionárias de carros de luxo.

“A presença de lojas físicas é especialmente importante no interior do Brasil, porque os consumidores preferem ir até o local, tocar e sentir os produtos antes de fazer as compras”, destacou Olavo Cunha.

A pesquisa apontou que infraestrutura inadequada e as diferenças no comportamento do consumidor também dificultam a penetração de algumas empresas nesses mercados. Um exemplo é que consumidores do interior viajam menos de avião do que os que vivem em grandes cidades. O principal motivo para isso é que os aeroportos estão muito longe e existem poucos voos para destinos desejados por eles. Além disso, os consumidores do interior preferem passar o tempo de lazer em casa do que viajar para alguma localidade no país ou no exterior.

Outro fato constado pela pesquisa é que as famílias do interior são mais hesitantes em comprar produtos pela Internet, porque as entregas para essas localidades levam um tempo grande e, caso haja algum problema, é difícil de obter reembolso.

“Para se tornar líder no mercado no interior, a maioria das empresas deve aumentar substancialmente sua presença física e online”, disse Masao Ukon, sócio do BCG e coautor do estudo. “Elas também precisam fazer um trabalho melhor para se adaptar as necessidades dos consumidores e seus padrões de consumo.”

Além da expansão do alcance das empresas de varejo no Brasil, os autores do estudo recomendam que as empresas desenvolvam fortes campanhas de marketing local, fortalecer seus canais eletrônicos e desenvolver modelos de negócios inovadores para atingir realmente as necessidades desses consumidores, que possuem padrões de consumo, gastos e atitudes diferentes dos consumidores das grandes cidades.

“A maioria das empresas precisa ter uma compreensão mais profunda de qual é o comportamento do consumidor nas cidades do interior. Eles têm um padrão de consumo diferente daqueles que moram nas capitais”, afirmou André Xavier, sócio do BCG, que lidera prática de Instituições Financeiras no Brasil na consultoria.

O estudo também afirma que uma abordagem lenta das empresas para expandir seus negócios no interior do Brasil será insuficiente. “Milhões de famílias de classe média e afluente já representam um mercado crucial, e elas podem formar laços de fidelidade com a marca que provavelmente irá perdurar por muitos anos”, disse Cunha, que lidera a prática de Consumo no Brasil. “O tempo para estabelecer uma presença de liderança é agora”.
 
 
Fonte: http://www.thesptimes.com.br/sp/interior-sera-o-motor-de-crescimento-do-brasil-diz-estudo/
Outras Notícias
06
10
Outubro Rosa - Mês da luta contra o câncer de mama
[+] saiba mais
15
01
Compra de imóvel em 2015
[+] saiba mais
20
02
O poder do espelho em um ambiente.
[+] saiba mais
 
Voltar
 
   
Principal
A Empresa
Notícias
Corretor de imóveis.
Ofereça sua área.
Trabalhe conosco.
 
20 de Fevereiro
O poder do espelho em um ambiente.
15 de Janeiro
Compra de imóvel em 2015
06 de Outubro
Outubro Rosa - Mês da luta contra o câncer de mama
03 de Outubro
Interior será o motor do crescimento do País
 Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
0203 Informe o
código ao lado:
 
 
UNITRA Urbanizações.
Avenida Unitra, 1113, bairro Unitra, 15081-550, São José do Rio Preto, SP.
Fones (17) 3234-1011 / 99622-7829 (WhatsApp).
Email: unitra@gmail.com

 
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias